domingo, 24 de outubro de 2010

inte(i)rando: uma coleta de imagem e muita saudade do mar...


gianemf
.
2007
... os sons, os cheiros, as texturas, as águas, as areias, as vistas, a atmosfera toda...

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

compartilhando dos que me acompanham: num vale de pinturas rupestres




estas fotografias são coletas de imagens de uma prima que esteve pelas estradas de ônibus com sua galera, até mato grosso e divisa com bolívia, em 2007 (que andança!!!....), e num dia em que o tal ônibus quebrou num trecho do caminho... ela e a turma se depararam com o "vale das perdidas". isto não é trocadilho! na verdade, é um sítio arqueológico com pinturas rupestres bem antigas e com certeza, um belo e interessante lugar para se chegar.

referência cultural: casa de artesã















gianemf.
2008

eu estive em 2008 numa casa de fazenda no interior de mg. a fazenda, belíssima! a casa em questão... no mínimo, curiosa e chamativa. com a permissão da proprietária artesã, fiz uma coleta de imagens de partes dos cômodos repletos de trecos e objetos e tudo o mais, fabricado por ela ou coletado. na verdade, não sei se seria possível morar numa casa assim tão "ocupada" (ela mesma, não fica na casa todo o tempo) mas, com certeza, a sensação de estar nela (a passeio) foi uma experiência bem interessante! algo como estar num museu rico em "especímes" ou numa casa de alguma história de literatura infantil ou de cinema ou ainda, numa casa de brinquedo em tamanho natural.

escrito poético

escrito poético?!
...
então, é isto! escrever tem sido difícil
porque
poetizar não é coisa pouca.
é coisa que se faz com o que vem de dentro.
e dentro se forma também com o que há de fora.
escrever com poesia é para momentos de
disponibilidade mental, não só do sentimento.
gianemf.
2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

compartilhando dos que me acompanham: tenho uma nova pergunta prá te fazer:

mas primeiro, pense:
e responda:
qual é o melhor lugar do mundo?
prá mim, é qualquer lugar bom ou bonito, onde estou só comigo ou em boa(s) companhia(s), em que eu fico presente por inteiro. em que eu esteja lá.
tá certo, eu falo. foi especialmente bom ter estado por inteiro no pico da bandeira, o terceiro ponto mais alto de todo o brasil (!), na divisa dos estados de mg e es, dentro do parque nacional do caparaó, ao (bem) alto da cidadezinha de mesmo nome (em 2006). experiência que por si só, ocuparia várias linhas de relatos.
prá você, qual é o melhor lugar do mundo?
(responda em 'comentários')

domingo, 10 de outubro de 2010

experimentação fotográfica










gianemf.
2010
fotografias digitais olhando de fora, o lado de dentro de um caleidoscópio*.
orifício, janela, "segredo", cavidade, interior...

* o caleidoscópio usado nesta pesquisa fotográfica, foi construído por mim, em oficina de artesanato, em 2008. dentro do programa "mãos de minas" - sebrae, ministrado por elvis p. g.. sabe, é mágica de criança poder girar um canudo com as mãos e ver de uma pequena abertura nele, com um só dos olhos bem próximo dela, que lá dentro têm cores e pedacinhos girantes! sabe... mágica de espelhos!

arte na educação: o que é, vira outra coisa






figuras 2 e 3: isto não é um parafuso. é uma borboleta.
figuras 4 e 5: isto não é uma pedra. é um marciano.
e por aí vai...
partirmos do livro "isto não é", do alejandro magallanes, para repensarmos algumas coisas sobre objeto, função/disfunção, estética...


partindo de "isto não é", as crianças receberam recortes de alguns objetos variados e enquanto viam o livro (apresentado por mim) tinham estas figuras dispostas em suas mesas. após a mostra do livro, a tarefa foi resignificar o objeto, como no livro.










e, desmembrando ainda sobre o conteúdo do livro, entreguei a cada um e uma dois palitos de picolé, uma gominha e um clip ( o durex colorido foi um instrumento de colagem). instrução: os quatro objetos, juntos, iriam se tornar um novo objeto, único. mãos ao trabalho e, bons resultados!

inte(i)rando: militância

"Numa terra de fugitivos aquele que anda na direção contrária parece estar fugindo."
T. S. Eliot
* negrito meu.

rendariô



novos produtos de minha produção de reaproveitamento de material(aqui, botões e tampinhas de garrafas). estes anéis encontram-se disponíveis na loja virtual da denise miranda - que vende artesanato bom e bonito. o endereço é: www.harvorae.com.br
vale dar uma conferida.
gmf.

domingo, 3 de outubro de 2010

te pergunto, ao telefone














as imagens acima são registros da intervenção urbana, sutil, realizada em grande praça urbana. ponto movimentado de passagem e parada de inúmeras pessoas da cidade, o dito "coração" do centro.
lancei perguntas. várias. pregadas nas dezenas de orelhões do local.
as pessoas irão por um tempo, se deparar com perguntas que talvez digam respeito ao momento em questão, de estarem falando e ouvindo, ao telefone.
você acha sua voz bonita?!
e
com que gostaria mesmo, de estar falando neste momento, no orelhão?!
...
perguntas, podem estimular respostas. ou, pensamentos.
(durante um momento de intervir num espaço urbano ou mesmo, público, a hora exata da intervençao é de interação também, com as pessoas que permeiam o lugar. é ainda, ocasião de participar desse espaço. inserir-se nele enquanto ali se está. não é só deixar um "rastro".)

te pergunto, ao telefone.
intervenção urbana (sutil) na praça.
outubro de 2010
gianemf.