domingo, 3 de outubro de 2010

te pergunto, ao telefone














as imagens acima são registros da intervenção urbana, sutil, realizada em grande praça urbana. ponto movimentado de passagem e parada de inúmeras pessoas da cidade, o dito "coração" do centro.
lancei perguntas. várias. pregadas nas dezenas de orelhões do local.
as pessoas irão por um tempo, se deparar com perguntas que talvez digam respeito ao momento em questão, de estarem falando e ouvindo, ao telefone.
você acha sua voz bonita?!
e
com que gostaria mesmo, de estar falando neste momento, no orelhão?!
...
perguntas, podem estimular respostas. ou, pensamentos.
(durante um momento de intervir num espaço urbano ou mesmo, público, a hora exata da intervençao é de interação também, com as pessoas que permeiam o lugar. é ainda, ocasião de participar desse espaço. inserir-se nele enquanto ali se está. não é só deixar um "rastro".)

te pergunto, ao telefone.
intervenção urbana (sutil) na praça.
outubro de 2010
gianemf.

9 comentários:

Maria Amélia disse...

Olá Giane, interessante esse tipo de intervenção. O que será que eu pensaria ao encontrar uma mensagem dessas? É algo bem fora do comum. No mínimo faz pensar. bjs e obrigada pela visita. mamélia

giane. aprendiz. disse...

bom é poder pensar,né, maria amélia?! quanto ao "fora do comum", a intenção foi mesmo surpreender alguns ao telefone, com algumas perguntas propícias ao momento imediato.
até!
gianemf.

Anônimo disse...

adoro intervenções urbanas!! vc gosta de orelhões poetizados, héin! Bjs

cristina

giane. aprendiz. disse...

acho que quando a pessoa pára num orelhão, ela vive um momento mais "fechado" e então pode ser que perceba melhor estas sutis presenças em formas de intervenções urbanas. mas, claro, não me restrinjo a eles.
eu também gosto muito de intervir nestes espaços e espero que em breve façamos algo disto juntas!

Anônimo disse...

Faremos muitas coisas boas juntas! Estou com ideias de fazer algo aqui no bairro relacionado à cachoeira. Depois a gente conversa sobre!

Bjs,

Cris Borges

Laura Cohen disse...

palavrinhas espiãs - se inseriu na conversa dos outros! atrevidas! uma delícia.

Giovana Zimermann disse...

Oi Giane, a matéria de arte pública em florianópolis está em: http://www.youtube.com/missaocasa#p/a/u/2/QEIKXMSYV9E

giane. aprendiz. disse...

! é, laura! parece que algumas frases soltas buscaram entrar na conversa dos outros!(risos)
giovana, obrigada. vou dar uma olhada agora, mesmo!

Anônimo disse...

E uma frase que pode trazer lembranças de láaaaaaaaa longe!


Aline Cota