domingo, 3 de outubro de 2010

breve histórico: sobre o poço dos desejos





como eu havia dito anteriormente (há algumas páginas no blog), o "poço dos desejos" foi exposto novamente, e com alguns reajustamentos ao espaço e nova proposta, no centro cultural padre eustáquio (feira coberta, em bh). aqui mais uma vez, o ato de simbolicamente ter um amuleto (o escapulário) ou, ler numa moeda do poço dos desejos um pedido similar ou igual ao seu, contagiou bastante o público que esteve no local.
os pedidos e vontades podem ser banais ou vitais mas, com certeza, sempre presentes dentro de cada um. foi interessante para visitantes do centro cultural e para mim, que busquei instigar no expectador a reflexão sobre algo que deseja para viver. claro, há também uma apresentação visual onde quis apresentar uma estética aproximada do tal poço onde pessoas arremessam moedas ao fazerem um pedido especial qualquer.
obs: ao ver uma moeda com um desejo com o qual se indentificasse, o visitante iria recolher o escapulário que estava junto à moeda. uma tentativa de simbolizar sua esperança de conquistá-lo...
houveram relatos do público, que me foram passados por funcionários do local da exposição, dos alvoroços de algumas pessoas e até falas de lembranças e rememorizações mais antigas. havia uma moeda escrita onde desejava-se ver de novo, um dia, 'aquela' pessoa especial que havia ficado perdida no tempo. e tive notícias de uma fala nostálgica porém tocante, de um homem de meia idade sobre 'aquela' pessoa de sua vida que ele não via mais há tanto tempo!...

sobre o poço dos desejos
instalação
2009
gianemf.

Nenhum comentário: