segunda-feira, 30 de maio de 2011

escrito poético

as bicicletas das cidades
são os pequenos barcos na amazônia.
ruas
rios.
gianemf.

Um comentário:

Anônimo disse...

delícia de poesia. flutuei, boiei, deixei-me carregar no lento, no veloz, rio, rua.

Cristina