quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

inte(i)rando: as coisas: sempre assim...

as coisas têm peso, massa, volume, tamanho, tempo, forma, cor, posição, textura, duração, densidade, cheiro, valor, consistência, profundidade, contorno, temperatura, função, aparência, preço, destino, idade, sentido. as coisas não têm paz.

do livro "as coisas" - arnaldo antunes. iluminuras. 2000

Nenhum comentário: