quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

breve histórico: ser-para-a-morte?









o vieses foi a Porto Alegre/RS em 2007, para sua terceira exposição, ocorrida no centro municipal de cultura da cidade. o nome da mostra foi 'ser-para-a-morte?':
"Expressando-se em linguagens diversas, como xilografia em tecido, colagens, objetos, fotografia, cianotipia, off set, expusemos variações de discursos sobre o tema da morte na sociedade contemporânea ocidental, onde acentuam-se a deturpação de valores, a banalização da vida, a generalização do imediato e as angústias do indivíduo. (...)
Através de quais símbolos e imagens o homem ocidental vê a morte? A morte seria irremediável e permanente? (...) Dentro de uma proposta de um envolvimento maior do expectador, o grupo criou cinco colunas confeccionadas em tecido transparente ora escuro, ora claro, onde alguns trabalhos foram inseridos ou impressos sobre o próprio tecido. A intenção foi que o expectador nelas penetrasse e pudesse, através da interatividade com os trabalhos e com o espaço tridimensional, vivenciar novas experiências e questões sobre o tema apresentado. Em uma das colunas havia dezenas de patuás (escapulários), ali dispostos com o intuito de que o visitante pegasse um e levasse consigo. Trata-se de uma abordagem sobre as esperanças e desejos individuais que reativam (ou, reativariam) o dia-a-dia de cada um. é o 'poço dos desejos' (...)"

obs: o 'poço dos desejos' foi exposto novamente em 2009, em BH, adequando-se ao espaço onde se realizou e a proposta renovada. mais tarde postarei aqui neste blog imagens da mais recente exposiçao.

Nenhum comentário: