sábado, 26 de dezembro de 2009

escrito poético

Homenagem ao W.:
... Eu vi a borboleta azul, de novo!
Voando...
planando as asas gigantes e
azul, azul...
azul anil,
brilhantes!
... e em meu pensamento,
ela a voar
planar e azular...
sua presença espetacular
diante do (nosso) amigo,
no outro plano. (!)
(...)

gianemf - em maio deste ano.

Nenhum comentário: