sábado, 26 de dezembro de 2009

arte na educaçao: aviõezinhos de mensagens









estas são imagens de registro de uma boa aula para os meninos (turmas do 3º ano do 1º ciclo – 8/9 anos) e para mim, na escola onde trabalho, ocorrida em meados de novembro.
foi assim: entreguei a eles uma folha de papel branco A4 onde eles iriam fazer – em desenho e escrita – uma mensagem para uma criança que (supostamente) morava sozinha na lua. As mensagens foram as mais variadas e mesmo lúdicas, houveram tantas que mostravam pensamentos nas praticidades de uma vida urbana contemporânea tais como, cobertores, cama pra dormir, foguete para retorno à Terra, cachorro para se ter um amigo, roupas para trocar, etc, etc, etc... após a etapa de confecção da mensagem, iniciei com eles a etapa da dobradura, onde passo a passo, com minhas instruções, cada um foi montando o aviãozinho de papel (tão conhecido de todos nós). Então, tendo terminado os aviões a fase seguinte foi a de envio (metafórico) da mensagem a tal criança (que por sinal, apresentei-lhes como tendo a idade deles próprios). Cada um teve seu momento de lançar o aviãozinho pela sala! O que pra eles foi o máximo! Poder lançar aviãozinho pela sala de aula sem repreensão da professora! Alegrias! E a minha, foi vê-los aproveitando com tanta autenticidade e euforia! No final, cada um ficou com um avião de algum dos colegas, o que caiu mais perto
de cada um deles, metaforizando a imagem recebida pela criança que habitava, sozinha, o satélite natural da Terra.

2 comentários:

Cristina disse...

que aula bacana, com tanta poesia! Fiquei inspirada, acho que vou fazer algo assim na UMEI (rsrsrs). Bjs, bons frutos no seu trabalho!

giane. aprendiz. disse...

como eu já disse... são aulas como estas (infelizmente, as mais raras na realidade das escolas e das pessoas) que me mantêm persistindo na educação.e no mais, que bom poder estar na educação com arte, né? obrigada pelos desejos de bons frutos. a você, também desejo, e... também me inspiro em aulas que vc apresenta para eu, por minha vez, apresentar aos pequenos.